Bastidores de Um, Dois , Feijão com Arroz - Limpando o Tacho de Cobre com a Dona Telma

A Dona Telma se recusa  abrir mãos de suas tradições gastronômicas centenárias e nos mostra em exclusiva como limpar o seu tacho de cobre de família  .

Os tachos de cobre chegaram  junto com as famílias portuguesas e se tornaram peças historicamente presentes nas cozinhas de todo o BRASIL . Muito comum na Europa, era o recipiente mais usado para fazer doces em pasta e em pedaços. O velho e bom tacho de cobre, também está presente em cidades do interior de São Paulo, Goiás e do Rio de Janeiro, nas casas de doceiros, de apaixonados, e nas fazendas.

Atenção para a limpeza correta de seu tacho de cobre! 

Quando comprar um tacho, antes de usar, você deverá ferver uma boa quantidade de água e lavá-lo para retirar a resina que muitos fabricantes passam para manter o utensílio brilhante.

Toda vez que for cozinhar em seu tacho, deverá fazer a limpeza básica.
É comum o cobre escurecer com o uso, e quando exposto ao tempo.

Você utilizará um limão, uma colher de sal, uma barra de sabão (ou detergente neutro) uma esponja de aço. O limão é o ingrediente perfeito, mas se não tiver um disponível, utilize quatro colheres (sopa) de vinagre e duas bem cheias de sal. Lembrando sempre que a quantidade dos ingredientes para a limpeza poderá ser mais ou menos que a sugerida, dependendo do tamanho da peça.

 

Enxague o tacho sem sabão para tirar todo o azedo e retirar todo o limão (não se pode usar nem palha-de-aço, nem sabão em cima do azedo, senão azinhavre volta rápido). Só então passe o sabão e, com a palha de aço, areie bem, enxague e seque. Leve o tacho seco ao fogão e coloque os ingredientes do doce.

Rotina – Quando  terminar de cozinhar lave seu tacho, normalmente, seque-o e guarde-o onde desejar. 

Observação: segundo a Anvisa, esse método caseiro não é cientificamente comprovado na extração do azinhavre.

Sexta às 18:30

 Discovery H&H

Paginas do Programa

Receitas exclusivas do programa no site da Camil

Conheça a programação e perfil da Dupla no site da Discovery

Conheça a Dona Telma




Em 1981, Dona Telma assumiu a Fazenda Babilônia, uma das maiores e mais bem conservadas fazendas do período colonial. Junto com a fazenda, assumiu a responsabilidade de manter viva a memória da região e transformou esse espaço em um centro de turismo histórico e gastronômico. Hoje, a Fazenda Babilônia recebe estudantes e turistas em busca de um pouco da história do nosso país e de receitas regionais, que incluem uma deliciosa matula feita com arroz e feijão.

Registra-se no site

Sobre o Autor: Livia Zaruty

Vim para provar que TODOS podem comer  e cozinhar bem e que lugar de mulher e onde ela quiser 🙂

Livia Cucchi ( Zaruty) Food Blogger e critica gastronômica, criadora do projeto ETNIA BRASILEIRA “ vencedor em 2011 como melhor blog de cultura do Brasil . Web Design certificada pela Adobe trabalhou na Identidade visual de diversas empresa italianas como Roialto, Innvillla. Em 2012 assumiu a Direção Geral de Marketing Web do maior Festival de Música Latina da Europa, Latino-americano .

Atualmente é autora do primeiro canal de gastronomia italiana do Brasil ” Sambacooking. Onde juntamente com o marido  o chef italiano Emmanuele Cucchi e responsável pela capacitação  e acesso ao ensino de mais de 10 mil Brasileiros de todos os cantos do mundo .  Sem dúvidas o mundo precisa de mais “ Livias Zarutys” Bela, talentosa, sensata e sobretudo corajosa –

livia zaruty

Sou o lado food interativo da nossa dupla SambaCooking.

Trabalho em todos os ângulos da gastronomia sendo estudiosa e pesquisadora gastronômica como Youtuber, Videomaker e grande amante da arte de comer BEM!

Artigos Relacionados